segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

IMPORTÂNCIA DO BRINCAR...

Quando brinca, a criança se defronta com desafios e problemas, devendo constantemente buscar soluções para situações a ela colocadas. A brincadeira auxilia a criança a criar uma imagem positiva de si mesma, manifestar gostos, desejos, dúvidas, mal-estar, críticas, aborrecimentos, etc. Se observarmos uma criança brincando, constatamos que nesse brincar está presente a construção de representações de si mesma, do outro e do mundo, ao mesmo tempo que comportamentos e hábitos são revelados e internalizados por meio das brincadeiras. Através do brincar a criança consegue expressar sua necessidade de atividade, sua curiosidade, seu desejo de criar, de ser aceita e protegida, de se unir e conviver com os outros.


ALGUMAS SUGESTÕES

Amarelinha

Amarelinha para chegar ao céu e também... para aprender matemática!

Objetivo: Reconhecer e identificar os números.

Número de Participantes: Grupo (3 a 4 alunos)

Tempo de Preparação: 10 minutos

Como confeccionar o material:
Pinte uma Amarelinha com tinta óleo no chão da sala de aula ou do pátio, por exemplo.
Modo de Jogar:
Cada jogador deverá jogar a pedra em cada número de 1 a 8, um de cada vez e ir pulando de um pé só até chegar no Céu (que fica no final da Amarelinha, depois de todas as casas).
O jogador que chegar ao céu primeiro, sem errar, ganhará o jogo.

Jogo do Pião

O que é o que é?
Para andar se bota a corda
Para andar se tira a corda
Porque com corda não anda
Sem corda não pode andar
O pião é o brinquedo mais antigo que se conhece.
Para brincar com o pião é só enrolar uma corda da ponta ao corpo do pião, segurando uma ponta. Depois, é só atirar o pião em direção ao chão, desenrolando o barbante de um impulso só. O brinquedo cai no chão rodopiando e assim permanece durante um bom tempo. Você pode ampará-lo com a mão, para que ele passe a girar sobre a palma ou mesmo sobre o seu dedo.

Jogo do medo

Pergunta-se a uma criança: -"Teu pai foi a caça?" Ela deve responder: "Foi..." Faz-se nova pergunta: -"Teve medo?" Ela responde: "Não". Sopra-se, então, os olhos dela e se ela fechá-los, diz-se: -"Teve sim!".

Jogo do soldado

- Brilha, brilha, meu soldado
Na porta do capitão...
- Como posso eu brilhar
Se ainda me falta o coração?

(Cada um dos jogadores dá uma peça do uniforme: boné, espada, etc. Aquele que não der nada apanha um bolo com a pá de farinha.)

Brinquedo de esconder

Uma criança encosta-se a um muro de olhos fechados; as demais vão dando-lhe uma palmada dizendo: Maria Macundê Bate no .... E vai-te escondê. Cada qual procura esconder-se da melhor maneira e do esconderijo grita: -"Já!". E a Mria Macundê sai a procura de suas companheiras. À primeira encontrada ela diz: -"Estica tica" e essa a substitui.

Passa anel

Sentados numa roda o grupo tira a sorte para ver quem vai passar o anel. Todos devem unir as palmas das mãos e erguê-las na sua frente. Quem ganhou na sorte deve segurar o anel entre as palmas das mãos e passar as suas mãos pelas mãos dos componentes do grupo deixando o anel nas mãos de alguém que ele escolher, mas deve continuar fazendo de conta que continua passando o anel até o último do grupo. Ao final pergunta a um dos participantes onde está o anel? Se este acertar ele será o próximo a passar o anel. Se errar, quem recebeu o anel é que passará, começando novamente a brincadeira.

0 comentários:

Postar um comentário

VOLTEM SEMPRE!!!

VOLTEM SEMPRE!!!